A influência dos custos no seu mix de produtos

por | 27 jun, 2018 | Artigos

Custos, Lucro e Faturamento! Aprenda como o controle sobre estas informações é essencial para a definição do seu mix de produtos ideal.

 

Quais são os seus produtos que mais geram faturamento na sua empresa?

 

Gerar faturamento é, na maioria das vezes, a principal diretriz do setor comercial de uma empresa, e portanto, é o indicador mais constantemente usado para a medição da saúde da empresa. Porém, é importante levantar uma pergunta: é realmente o faturamento que interessa à empresa?

 

 

 

Voltando à pergunta do início, os produtos que mais geram faturamento na sua empresa são os mesmos que mais geram lucro?

Qualquer livro de Administração de empresas parte de um pressuposto básico: Gerar lucro para os acionistas é um dos objetivos primordiais de um empreendimento. Porém, como muitos empresários já perceberam, faturamento não é necessariamente sinônimo de lucro. Há um outro fator nesta equação que precisa ser levado em consideração: os custos:

 

LUCRO = PREÇO DE VENDA – CUSTOS PRODUTIVOS

 

Partindo do princípio que o preço de venda é, cada vez mais, ditado pelo mercado consumidor e pelos nossos concorrentes, resta ao gestor ter pleno conhecimento e controle sobre os custos do processo produtivo de seus produtos. Isto será o fator principal que irá garantir que, após faturados, esses produtos gerem lucro para o negócio.

 

Sendo assim, conseguimos conceber 4 diferentes categorias de produtos:

 

  • Produtos com alto faturamento e altas margens de lucro: São aqueles produtos que interessam ao mercado consumidor, por isso, geram faturamento, e, ao mesmo tempo, são interessantes para a empresa produzir, pois geram altos retornos. Estes produtos devem ser tratados com muita atenção, tanto pelo setor industrial, reduzindo seus custos de fabricação, aumentando assim cada vez mais as margens de lucro, quanto pelo setor comercial, que deverá garantir que a sua inserção no mercado seja sempre grande;

  • Produtos com alto faturamento, porém com margens de lucro enxutas: Neste caso, o mercado consumidor demonstra grande interesse por estes produtos, porém, o setor industrial deverá se dedicar exaustivamente à enxugar os custos produtivos, de modo à aumentar as margens de lucro, garantindo assim que seja interessante para a empresa continuar com sua produção;

 

  • Produtos com baixo faturamento, e altas margens de lucro: Estes produtos devem ser o foco do setor comercial, promovendo os com mais entusiasmo aos clientes, de modo à aumentar a contribuição deles no faturamento da empresa, e, ao mesmo tempo, aumentando a lucratividade do negócio;

 

  • Produtos com baixo faturamento e baixas margens de lucro: Não são interessantes para nossos clientes, visto que não geram faturamento, ao mesmo tempo que não são interessantes para o negócio, pois não geram lucro! Neste caso, a análise a ser feita é de cunho estratégico, envolvendo todos os setores da empresa. Por que continuar produzindo tais itens? Eles são essenciais ao nosso portfólio? Soluções para estas perguntas são muitas: desenvolver novos produtos similares, porém mais atrativos; entender se estes produtos alavancam as vendas dos demais produtos do portfólio; e devem ser tomadas com base em um entendimento mais amplo sobre como o mercado se posiciona em relação a eles.

 

 

Como podemos perceber, são muitas análises distintas para permitir que sua empresa se posicione no mercado de forma a maximizar os resultados com o seu portfólio de produtos. Um sistema de apoio à tomada de decisão com base nos custos, que permite analisar o desempenho de todos os seus produtos, o Reduzacusto.com poderá lhe auxiliar nesta contínua jornada em busca de uma empresa mais lucrativa.

 

#faturamento #produtos #lucro #custosprodutivos #margensdelucro

Agendamento

Receba uma apresentação do software sem compromisso!

RC Costs

Conheça a solução que gerencia custos e ajuda a vender mais!

RC Lean

A controladoria no leme da operação. Saiba mais!