JUST IN TIME: o que é e como ele pode ajudar nos custos da sua empresa?

por | 4 jan, 2022 | Sistema de Custos

Just in time

 

O sistema Just In Time pode ser uma excelente ferramenta para te auxiliar na redução de custos da sua empresa.

E, quando falamos em custos, precisamos considerar uma grande variedade de fatores que impactam a precificação e a rentabilidade. Portanto, encontrar maneiras de evitar lentidão na linha de produção, otimizar processos e evitar desperdícios de recursos é fundamental.

 

Como surgiu o Just In Time? 

Também conhecido pela sigla JIT, o sistema Just In Time foi desenvolvido pela Toyota em meados da década de 70. Surgiu, assim como outras metodologias, para solucionar o problema de falta de recursos no setor industrial que Japão estava enfrentando no pós-guerra. 

O país precisava aumentar a sua competitividade, e para isso, foi preciso criar novos modelos que possibilitassem fabricar novos modelos, em poucas quantidades e com baixo custo. Esses novos modelos dariam ao Japão competitividade em relação às indústrias do ocidente.  

 

Mas afinal, o que significa Just In Time?

Em poucas palavras, JIT é um sistema de gestão e reorganização da produção. Ele estabelece que: nada deve ser comprado, produzido, transportado ou vendido antes da hora, a fim de evitar desperdícios.

Apesar de parecer um conceito simples, sua aplicação depende de um complexo planejamento e estruturação da atividade industrial. Nele, o princípio de empregar o mínimo de matéria-prima, equipamentos e mão de obra possíveis na produção precisa ser atendido.

A partir da organização do sistema JIT, a produção é feita apenas no momento e na quantidade demandada pelo mercado. Dessa forma, a empresa consegue estabelecer uma melhora progressiva nos processos operacionais e do produto.

Entre os fundamentos desse sistema, destacamos: eliminar desperdícios, produzir sem estoques, utilizar a manufatura de fluxo contínuo e a melhoria contínua na resolução de problemas.

 

Principais características:

 

  • Colaboradores flexíveis: treinar e capacitar o time para transitar entre funções evita pausas na produção, na falta de um ou mais colaboradores;
  • Operações bem definidas: processos padronizados garantem a qualidade e otimização de tempo;
  • A quantia certa de equipamentos: nem mais, nem menos. As máquinas são adquiridas de acordo com a demanda de produção, evitando desperdícios de recursos;
  • Ritmo constante: o fluxo correto otimiza os processos e determina o ritmo constante, não podendo haver atrasos ou pausas na produção. 

 

Vantagens do sistema Just In Time (JIT)

Controlar os processos de fabricação trará diversas vantagens para a sua empresa. Entre elas, destacamos a redução dos custos como a principal, já que esse é o nosso objeto de estudo, mas você também verá diminuição dos defeitos na produção e otimização de recursos.

Uma dessas otimizações fica por conta do fluxo contínuo da produção, que é alcançado pela compra correta dos insumos conforme a demanda. Isso é importante porque uma desorganização no fluxo pode formar estoques acumulados, ou causar uma pausa na produção, cenários que nunca são bons para uma empresa.

Além dos já mencionados, citamos:

  •   Redução do lead time;
  •   Diminuição das quebras de máquinas;
  •   Melhor aproveitamento e redução nos custos de armazenamento;
  •   Redução dos tempos de preparação (Set UP).

 

Como o Just In Time pode contribuir para redução de custos na sua empresa?

 

just in time

 

  • Redução dos custos com estoque

Como mencionamos, o JIT é planejado de modo que a produção seja baseada na demanda. Portanto, ao implementar esse método, você só deverá comprar insumos, contratar mão-de-obra e produzir no momento e quantidade que o mercado irá absorver.

Dessa forma, você conseguirá reduzir o espaço físico para a armazenagem, tanto de insumos, quanto de produtos prontos. Isso também ajudará a diminuir o risco de perda de produção por problemas na estocagem, reduzindo os custos do produto como um todo.

 

  • Aumento da produtividade

A produtividade, de maneira resumida, está relacionado à capacidade de produzir mais com menos recursos, sem modificar as características do produto. Ao implementar o JIT, você deverá estabelecer processos e funções em torno da precisão e qualidade, empregando os insumos da maneira mais assertiva possível. 

Além disso, você deve adotar uma política de “erro 0”. Apesar de sabermos que na indústria a perfeição é utópica, ao adotar essa política, você tem mais controle sob os processos produtivos. Isso te permite identificar os defeitos antes que eles se propagarem e causem problemas ainda maiores. Essa política serve tanto para o controle na linha de produção, quanto na rotina e possíveis problemas com colaboradores.

 

  • Redução dos custos com transporte

A logística pode elevar, e muito, os custos dos produtos. Por isso, é importante que o gestor planeje com cuidado esse processo para eliminar os desperdícios.

Tanto no recebimento de insumos, quanto no envio dos produtos, o sistema JIT ajuda a eliminar as rotas desnecessárias, e manter sob controle os custos da produção. 

 

  • Redução das esperas

Trabalhar a redução das esperas na linha de produção também é muito impostante, visto que esse é um grande desperdício de recursos em uma indústria.

Essas esperas podem ocorrer pela ausência de material ou mão de obra para execução de uma determinada atividade, e podem ser reduzidas a partir de um bom planejamento estratégico de chegada e saída de insumos.

O sistema permite previsibilidade de entregas de insumos e de produtos ao mercado, no momento certo, atendendo assim a demanda no momento certo.

 

  • Aumento da qualidade

A política de erro 0 também trás impactos na qualidade final do produto. Isso acontece porque o gestor passa a ter controle total dos processos, e tem a possibilidade de propor melhorias e otimizações no processo produtivo. E isso certamente impactará na qualidade final do produto.

Além disso, ao identificar os erros e problemas rapidamente, a taxa de produtos com defeitos diminui, e isso certamente impactará na qualidade final do produto.

 

Por fim, sabemos que não é possível implementar o sistema JIT se os gestores das indústrias não estiverem realmente comprometidos com a mudança. É preciso confiar no potencial do sistema e da equipe contratada para implementar as melhorias.

Aliado ao uso de softwares, como os que fornecemos aqui na Reduza Custo, o sistema pode oferecer resultados eficientes e tornar a sua empresa mais competitiva.

Agendamento

Receba uma apresentação do software sem compromisso!

RC Costs

Conheça a solução que gerencia custos e ajuda a vender mais!

RC Lean

A controladoria no leme da operação. Saiba mais!