Não sobram recursos para investir na sua indústria? O que você precisa saber!

por | 21 jan, 2019 | Artigos

Muitas indústrias chegam ao final de um período, por vezes marcado por vendas em alta e demanda aquecida, mas misteriosamente, não sobra dinheiro em caixa para investir. E imediatamente começam a se perguntar. Mas o que pode ter acontecido? Bom, antes de tentarmos entender os motivos, vamos explorar como funciona (ou deveria funcionar) o processo de investimento de uma indústria.

Inicialmente, vamos imaginar um fluxo de água que deve encher uma caixa d’água com 3 compartimentos.

 

 

 

O fluxo de água representa a receita, ou seja, todas as vendas que geram faturamento para o negócio.

Assim que este fluxo é aberto, ele passa por um filtro que o torna mais estreito. Este filtro, seriam os custos diretos e variáveis como impostos, comissões de vendas, etc. ou seja, todos aqueles custos que incidem antes do fluxo chegar na caixa d’água.

O que sobra vai suprir a caixa d’água que, como comentei, é segmentada em 3 compartimentos.

O primeiro compartimento é dos custos fixos e despesas. Então o fluxo de água que restou vai preenchendo este compartimento até que todos os custos fixos e despesas sejam contemplados. E quando isto acontece, podemos dizer que a indústria atingiu seu ponto de equilíbrio, onde todas as receitas conseguiram pagar todas as despesas e custos.

O fluxo excedente começa a preencher um segundo compartimento. O do lucro para investimentos. Neste, após todos os custos e despesas terem sido saldados, é onde os investimentos em estrutura e expansão (ex. maquinários, marketing, etc) serão realizados de acordo com a necessidade e estratégia do negócio.

E por fim, temos o terceiro e último compartimento. O do lucro para retirada/distribuição de dividendos. Uma vez que todos os custos e despesas são contemplados e os investimentos necessários são realizados, de acordo com a política de cada indústria, o excedente pode ser periodicamente distribuído aos cotistas ou acionistas da indústria.

Agora podemos trabalhar no diagnóstico dos motivos da falta de recursos, já que a disponibilidade de investimento depende diretamente da capacidade de geração de lucro.

A nossa estratégia deve ser sempre voltada para garantir e aumentar este lucro. E só há dois caminhos, aumentar o fluxo de água ou reduzir os limites de cada compartimento.

Só que para aumentarmos o fluxo de água, ou seja, o fluxo de receitas, temos que aumentar os preços ou aumentar as vendas. Mas neste caso, a estratégia depende de um mercado aquecido e um produto diferenciado. E, força de regra, quem decide é o próprio mercado.

Por outro lado, podemos agir sobre nossas margens, em um processo de dentro para fora da empresa, reduzindo os limites de cada compartimento para adequá-los ao fluxo de água. Ou seja, cortar os custos e eliminar desperdícios para gerar mais lucros!

E esta é uma estratégia que sempre está ao alcance de qualquer negócio! Quer saber como fazer? Clique aqui e acesse o nosso infográfico a respeito!

Um abraço e até a próxima!

#custosfixos #despesas #custosvariáveis #investimentos #lucro #recursos

Agendamento

Receba uma apresentação do software sem compromisso!

RC Costs

Conheça a solução que gerencia custos e ajuda a vender mais!

RC Lean

A controladoria no leme da operação. Saiba mais!